No nosso dia a dia de trabalho e atividades intensas não estamos prestando muita atenção à nossa postura e muito menos estamos fazendo movimentos preventivos e específicos para nossa coluna e articulações.

Com isso, vamos perdendo mobilidade e nossas articulações começam a ter limitações e dor.

Uma abordagem rápida e eficaz para tratar essas dores e limitações está ganhando força no Brasil.

É o Método criado pelo neozelandês Robin Mckenzie na década de 50, uma especialidade baseada em evidências científicas e reconhecida no mundo inteiro como Método Mckenzie de Diagnóstico e Terapia Mecânica (MDT – Mechanical Diagnosis and Therapy).

Ele está indicado para os tratamentos das hérnias de disco, cefaléias, dor no pescoço, tendinites de ombros, quadril, joelhos e reeducação da postura.

Os objetivos dos fisioterapeutas que utilizam o sistema de avaliação e tratamento do Método Mckenzie são identificar quais movimentos estão diretamente relacionados com a dor do paciente, tratá-lo e posteriormente ensiná-lo a se tratar por conta própria sem a utilização de equipamentos.

Muito comuns, as hérnias de disco lombares levam às dores irradiadas até as pernas e pé. Durante o tratamento baseado no Método Mckenzie, ocorre o fenômeno da Centralização. As dores que estavam irradiadas nos membros vão se concentrando na coluna até serem abolidas de forma duradoura. E isso liberta muitas pessoas da necessidade de cirurgia ou mesmo de tratamentos muito longos.

Atletas também podem se beneficiar com a reabilitação do MDT, pois as lesões nos tendões e músculos também são abordadas com eficácia. O tratamento aplicado no momento adequado permite a recuperação das lesões e retorno rápido ao esporte.

Os principais diferenciais do método são oferecer condições para o paciente se tratar de maneira rápida e segura sem depender de calor, gelo e medicamentos diários. O Método Mckenzie pode ser realizado nas fases de dor aguda, sub-aguda e crônica, estimula o auto tratamento e também previne de forma eficaz futuras crises de dor.

Por fim, o paciente tem a chance de aprender quais movimentos e posturas lhe geram dor ou agravamento dos seus sintomas e começam a ter o controle do seu problema.

Podem realizar seus exercícios em casa ou no trabalho no momento que for mais adequado.

Sabemos que o acompanhamento profissional é importante para a evolução do tratamento, mas a independência do paciente é muito trabalhada.

No site do Instituto Mckenzie do Brasil está disponível a lista dos profissionais certificados e licenciados que atendem seguindo essa metodologia.

Para maiores informações chame diretamente pelo whatsapp

Cristiane Lage – Fisioterapeuta Licenciada MDT, Crefito:46.453-F

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.